Após interferência do presidente da Câmara agências dos Correios em Galante e São José da Mata não fecharão

Após interferência do presidente da Câmara agências dos Correios em Galante e São José da Mata não fecharão

Após interferência do presidente da Câmara agências dos Correios em Galante e São José da Mata não fecharão

As agências dos Correios, que funcionam nos distritos de São José da Mata e Galante, que estavam na eminencia de terem seus serviços à comunidade encerrados, por falta de segurança, devido as constantes ameaças de assaltos e explosões, não serão mais fechadas. Esta informação para a população dos dois distritos, foi dada pelo presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, vereador Antonio Alves Pimentel Filho (PSD), que foi recebido em audiência na manhã desta sexta-feira, 15 de abril, pelo Diretor Regional dos Correios, José Pereira da Costa Filho, “Pereirinha”.

Segundo Pimentel Filho, a referida audiência que transcorreu na cidade de João Pessoa, através da interferência do deputado federal Rômulo Gouveia (PSD) e do deputado federal Damião Feliciano (PDT) que pessoalmente agendou o encontro com o Diretor Regional dos Correios. “Após me posicionar na tribuna da Câmara contra o fechamento das duas Agencias dos Correios, entrei em contato com nossos representantes em Brasília, que de pronto, agiram em defesa destes moradores que se utilizam diariamente do sistema de Banco Postal que funciona dentro dos Correios”, relatou Pimentel Filho.

O parlamentar, ainda destacou que, durante a audiência em João Pessoa, também contou com o apoio imprescindível do Diretor Regional Adjunto, Manoel Francisco de Melo Neto, que é natural do Distrito de Galante. O vereador Pimentel Filho ressaltou que juntos, ele e o Diretor Regional Adjunto, justificaram ao Diretor Regional dos Correios, que o fechamento destas duas agências, prejudicaria a vida de mais de 20 mil pessoas, pois, elas teriam que sair de seus distritos, e se deslocarem até o centro de Campina Grande, expondo idosos, gestantes ou pessoas com necessidades especiais ao sacrifício desnecessário.

“Recentemente ocupei a tribuna da Câmara, para lamentar a possibilidade do fechamento destas agências, pois a justificativa apontava a falta de segurança em nosso Estado, diante das inúmeras investidas criminosas contra as agências de Banco e dos Correios, que ficam localizadas longe dos grandes centros, pois, não basta o povo sofrer com as ameaças de ser assaltado na porta de casa, e agora também serem penalizados com fechamento do único posto de atendimento dos Correis e do Banco Posta próximo de suas casas” , lamentou Pimentel Filho.

De acordo com o vereador, superado os problemas do fechamento das duas agências de Galante e São José da Mata, agora é concentrar esforços para que o Governo do Estado cumpra a sua parte, garantido aos funcionários que ali trabalham bem como, a população destes dois distritos, a segurança e a garantia do cidadão poder ir e vir a qualquer serviço público, sem o perigo de ser assaltado ou até mesmo perder sua vida. “Agradeço a ação e atenção com nossos munícipes aos deputados Romulo Gouveia e Damião Feliciano, que se empenharam para evitar esta grande perda para milhares de campinenses”, destacou.

Os chamados “Bancos Postais” surgiram com o objetivo de atender principalmente o público de baixa renda desprovido de atendimento bancário. Sua função precípua é promover a inclusão social e financeira, abrigando milhões de contas no mundo inteiro. Por esse motivo, tem sido estimulada a implantação de bancos postais em vários países, sendo inclusive um dos projetos incentivados pela ONU e pelo Banco Mundial. O serviço é regulado pelo Banco Central do Brasil, e hoje está presente em 94% dos municípios brasileiros, prestando atendimento à população brasileira em mais de 6 mil agências de correios.

Assessoria




Fale Conosco

Para que possamos lhe atender melhor por favor entre com as informações abaixo. Obrigado!

Perguntas, dúvidas, críticas ou sugestões? Eu adoraria ajudá-lo!

ENTER para enviar