Audiência Pública discute fim do racionamento em CG

Audiência Pública discute fim do racionamento em CG

Proposta pelo vereador Sargento Neto (PRTB), a audiência pública vai ser realizada nessa quinta-feira (20), a partir das 10h, na Casa de Félix Araújo, para discutir o fim do racionamento de água em Campina Grande e nas 18 cidades abastecidas pelo açude de Boqueirão.

O manancial tem atualmente 30.335.613 m3 de água, o que equivale a 7,4% de sua capacidade total. Desde o dia 18 de abril, quando as águas do São Francisco encontraram com o espelho d’água do Epitácio Pessoa, o reservatório subiu 4,25 metros. Há mais de uma semana a lâmina tem registrado aumento de apenas 1cm por dia.

A previsão é que o racionamento, que teve início em dezembro de 2014, chegue ao fim assim que o manancial atinja 8,2% e saia do volume morto.

Para o vereador a medida é precipitada. “Para normalizar o abastecimento e acabar de vez com o racionamento era pra dar uma margem de segurança hídrica maior e deixar o açude ganhar mais volume”, defendeu Sgt Neto.
Vão participar da audiência pública representantes da Cagepa, Aesa, ANA e sociedade civil organizada.

***Conteúdo de responsabilidade da Assessoria




Fale Conosco

Para que possamos lhe atender melhor por favor entre com as informações abaixo. Obrigado!

Perguntas, dúvidas, críticas ou sugestões? Eu adoraria ajudá-lo!

ENTER para enviar