Bruno Cunha Lima requer que PMCG coíba poluição sonora

Bruno Cunha Lima requer que PMCG coíba poluição sonora

Bruno-Cunha-LimaO vereador Bruno Cunha Lima (PSDB) apresentou requerimento na Câmara Municipal de Campina Grande solicitando que a prefeitura, através da Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), amplie a fiscalização com o objetivo de coibir a poluição sonora na cidade, uma das principais queixas dos cidadãos campinenses, sobretudo nos finais de semana.

No requerimento, Bruno explica que “por fontes abusivas de emissão sonora se entende a propagação móvel de som em estabelecimentos comerciais, residências, veículos comerciais e particulares, incompatíveis com os padrões estipulados por Lei Ambiental, prática comum nos bairros em fins de semana”.

O parlamentar ainda destaca que, de acordo com o Código Municipal de Defesa do Meio Ambiente, “o volume máximo permitido para áreas residenciais, hospitalares e escolares é de 50/55 decibéis durante o dia e 45 à noite”, e que “essa determinação se enquadra tanto para emissão de som em veículos comerciais e particulares, quanto para som mecânico e/ou ao vivo dentro de residências. Já em áreas rurais, sítios e fazendas, os volumes máximos permitidos são 40 dB durante o dia e 35 dB à noite”.

“São muitas as queixas da população por conta do uso abusivo de equipamentos de som, inclusive por particulares, prática que causa elevado estresse, transtornos e que precisa ser coibida conforme a lei. Quem já se deparou, por exemplo, com um vizinho que liga o som do carro nos níveis mais elevados sabe o quão necessário é que se implemente uma fiscalização efetiva, que iniba e coibir esse tipo de abuso”, comentou Bruno Cunha Lima.




Fale Conosco

Para que possamos lhe atender melhor por favor entre com as informações abaixo. Obrigado!

Perguntas, dúvidas, críticas ou sugestões? Eu adoraria ajudá-lo!

ENTER para enviar