Câmara celebra Dia Nacional do Surdo em sessão especial

Câmara celebra Dia Nacional do Surdo em sessão especial

Para celebrar o Dia Nacional dos Surdos, comemorado em 26 de setembro através da Lei nº 11.796/2008, a Câmara Municipal de Campina Grande realizou na manhã dessa terça-feira uma sessão especial, proposta pelo vereador Lucas Ribeiro, para homenagear a comunidade surda do município e entregar a Medalha de Honra ao Mérito Municipal para José Tiago Ferreira Belo, o primeiro professor surdo a obter o título acadêmico de mestre na Paraíba.

No Brasil há cerca de 9 milhões de deficientes auditivos e, para o parlamentar Lucas Ribeiro, a sociedade precisa discutir sobre a inclusão dessas pessoas garantindo seus direitos como cidadãos. “Temos que enxergar a necessidade de trazer dignidade para a comunidade surda, tornando essa cidade acessível para todos. O conhecimento de libras é essencial para ter acessibilidade, por isso devemos investir na capacitação de servidores em todos os níveis”, explicou.

A luta para o reconhecimento e valorização da língua dos sinais é a medida efetiva mais importante para comunidade surda, a partir de ações e divulgações das libras todo o corpo social ganha conhecimento. Através dessa proposta haverá o crescimento na qualidade de inclusão e melhorias na educação dos surdos, estimulando o desenvolvimento do surdo e possibilitando várias oportunidades como cidadãos.

Durante a sessão especial foi entregue a Medalha de Honra ao Mérito Municipal para o professor paraibano, natural de Campina Grande, José Tiago. O homenageado contou sobre as dificuldades enfrentadas para garantir sua educação por falta de acessibilidade, destacando a importância da Escola de Áudio Comunicação (EDAC) na sua formação como pessoa e como profissional.

“É preciso pensar nas necessidades das pessoas surdas e reconhecer que também temos direitos. Nos sentimos excluídos em muitos momentos, principalmente quando precisamos da ajuda de intérpretes e não os temos disponíveis. Essa medalha é fruto de muita luta em busca de inclusão para o desenvolvimento da nossa comunidade, minha identidade e cultura é surda, tenho orgulho disso e vamos continuar a luta”, disse o professor José Thiago.

Dirp./CMCG




Fale Conosco

Para que possamos lhe atender melhor por favor entre com as informações abaixo. Obrigado!

Perguntas, dúvidas, críticas ou sugestões? Eu adoraria ajudá-lo!

ENTER para enviar