Câmara dá continuidade às discussões da LOA

Câmara dá continuidade às discussões da LOA

DSC_0895Aconteceu nesta quarta-feira, 04, a terceira audiência pública para discutir a Lei Orçamentária para o ano de 2014 no município de Campina Grande.

O ciclo de audiências públicas para discutir a LOA foi iniciado na última segunda-feira. E em dois dias, participaram os secretários Jaci Toscano (Finanças), Tovar Correia Lima (chefe de Gabinete), Antonio Hermano (Ipsem), Paulo Roberto (Administração), João Dantas (Semas), Rubens Nascimento (adjunto da Semas), Aldenor Falcão Martins (Ciência e Tecnologia), Catharine Bento Brasil (adjunta de Desenvolvimento Econômico), Dunga Júnior (coordenador de Desenvolvimento) e Asfora Neto (Sine).

Desta feita, as discussões abrangem os orçamentos das seguintes pastas: Secretaria de Agricultura (Seagri), Fundo Municipal de Defesa dos Direitos Difusos (Procon) e Agência Municipal de Desenvolvimento (Amde).

As audiências são coordenadas pelo presidente da Comissão de Finanças, vereador Marinaldo Cardoso, e contam com as participações da coordenadora de gestão da prefeitura, Márcia Madalena de Oliveira e vereadores; além de entidades, conselheiros e delegados do orçamento participativo.

O presidente da Agência Municipal de Desenvolvimento (Amde), Alcindor Villarim, deu início às discussões adiantando que a administração municipal estava limitada ao que foi planejado em 2012; mas salientou que a Amde vai começar 2014 com todas as instalações administradas pela pasta já reformadas.

Já o secretário de Agricultura (Seagri) de Campina Grande, Guilherme Almeida, falou da importância de fomentar a agricultura familiar e de garantir o suporte para que o homem do campo possa continuar com suas atividades na zona rural. E uma das metas da secretaria melhorar a infraestrutura para assegurar, por exemplo, a limpeza e manutenção de pequenos açudes, a melhoria de cerca de 100 km de estradas vicinais etc. Além de abrir licitação para a construção de mais de 300 cisternas.

De acordo com o coordenador executivo do Procon de Campina GrandeFloriano Brito Júnior, parte do orçamento para 2014, cerca de 920 mil reais vai ser usado para a aquisição de uma sede própria para o PROCON. A atual sede é locada e custa aos cofres da pasta cerca de 3 mil reais por mês.

A quarta audiência pública da LOA acontece na próxima quinta-feira, 05, e vai discutir a peça orçamentária das seguintes secretarias: Secretaria de Educação (seduc), Secretaria de Cultura (secult) e Secretaria de Esporte, Juventude e Lazer (sejel). As audiências começam sempre as 14h30, no plenário da Câmara Municipal de Campina Grande.

 

 

 

 




Fale Conosco

Para que possamos lhe atender melhor por favor entre com as informações abaixo. Obrigado!

Perguntas, dúvidas, críticas ou sugestões? Eu adoraria ajudá-lo!

ENTER para enviar