Câmara de Campina Grande homenageia o jornalista Paulo Brandão pelos 34 anos de morte

Câmara de Campina Grande homenageia o jornalista Paulo Brandão pelos 34 anos de morte

O assassinato do jornalista Paulo Brandão, que completou 34 anos nesta quinta-feira (13), foi lembrado na Câmara Municipal de Campina Grande. Uma singela homenagem foi feita pelo vereador João Dantas (PSD), durante seu discurso em plenário. A presidente Ivonete Ludgério (PSD) também lembrou o acontecimento, que marcou a história da imprensa paraibana, e fez votos de solidariedade à família de Brandão.

João Dantas era vereador no ano de 1984, quando o país vivia a ditadura e a imprensa sofria com perseguições e censura. Durante a sessão ordinária desta quinta-feira, Dantas usou a palavra para lembrar o crime e destacar que ele foi o único vereador campinense, na época, a denunciar o assassinato e cobrar justiça. “Fui um dos poucos que levantaram a voz para denunciar esse crime bárbaro e essa tentativa de calar a nossa imprensa”, declarou Dantas.

O jornalista Paulo Brandão fazia parte de uma equipe do jornal Correio da Paraíba que denunciava desmandos administrativos no Governo do Estado e na prefeitura da capital. Ele foi morto por policiais militares quando saía da redação do jornal no dia 13 de dezembro de 1984 – último ano da ditadura militar.

A presidente Ivonete Ludgério lembrou que o crime chocou a população paraibana e marcou definitivamente a violência daquele período. “Por isso não devemos nunca esquecer a luta de Paulo Brandão. Por isso fazemos votos de solidariedade à família dele e a todos os jornalistas que foram tocados por essa triste passagem da nossa história”, disse.

Dirp./CMCG




Fale Conosco

Para que possamos lhe atender melhor por favor entre com as informações abaixo. Obrigado!

Perguntas, dúvidas, críticas ou sugestões? Eu adoraria ajudá-lo!

ENTER para enviar