Câmara debateu violência nas escolas em audiência pública

Câmara debateu violência nas escolas em audiência pública

Câmara debateu violência nas escolas em audiência pública

A Câmara Municipal, atendendo solicitação do vereador Olímpio Oliveira, realizou nesta terça-feira, no plenário da Casa Félix Araújo, uma audiência pública para debater a violência nas escolas de Campina Grande. A mesma foi dirigida pelo presidente do Poder Legislativo, vereador Antonio Alves Pimentel Filho e contou com a participação da secretaria de educação do município, diretores de escolas, professores, presidente de entidades sociais, representantes da Policia Militar, Guarda Municipal entre outros.

Segundo o vereador Olímpio Oliveira, autor do requerimento que originou os debates, o objetivo principal dessa audiência pública é discutir formas de como enfrentar a violência. “Estamos numa situação limite e precisamos reagir, pois alunos e professores estão abandonando a escola com medo da violência; precisamos construir alternativas para mudar esta triste realidade e queremos ouvir a todos para construir uma saída”, justificou o parlamentar.

Olímpio acrescentou ainda, durante o debate que as escolas precisam de uma assistência maior. Ele defendeu também um programa que contemple alunos problemáticos e as suas famílias.

A secretaria de educação do município, Iolanda Barbosa acredita que atualmente a segurança representa um problema no direito à educação. Para ajudar nesta área ela falou sobre parceria com a Guarda Municipal para garantir a segurança aos ambientes escolares.

Os vereadores também usaram a tribuna para defender trabalho em parcerias com diversas instituições públicas de forma que garanta a segurança nas escolas, principalmente nas unidades pertencentes as redes pública estadual e municipal, que são os principais alvos da violência como por exemplo os constantes assaltos. Entre os vereadores que usaram os microfones da CMCG em defesa da mais segurança nas escolas; Anderson Maia, Marinaldo Cardoso, João Dantas, Metuselá Agra, Nelson Gomes Filho e Lula Cabral.

Nas galerias as pessoas questionaram sobre o alto índice de arrombamentos nas escolas e ainda cobraram dos poderes competentes e também da iniciativa privada, programas que garantam a segurança nas unidades escolares de Campina Grande.

Dirp./CMCG




Fale Conosco

Para que possamos lhe atender melhor por favor entre com as informações abaixo. Obrigado!

Perguntas, dúvidas, críticas ou sugestões? Eu adoraria ajudá-lo!

ENTER para enviar