Câmara realizou sessão alusiva a Semana da Consciência Negra

Câmara realizou sessão alusiva a Semana da Consciência Negra

consciencia_negra_2013A Câmara Municipal de Campina Grande realizou nesta quarta-feira, 27, sessão especial alusiva a “Semana da Consciência Negra e da Ação Anti-Racista. O evento atendeu propositura do vereador Napoleão Maracajá e contou com a participação dos vereadores, membros do Movimento Negro, professores e estudiosos, estudantes entre outras entidades.

Entre os participantes os palestrantes professor Moisés Alves, militante do Movimento Negro em Campina Grande; o jornalista Dalmo Oliveira, membro do Conselho Estadual da Promoção para a Igualdade Racial; representando as mães do movimento negro, Glaucineide Oliveira, a secretaria executiva da educação municipal, professora Iolanda Barbosa, que na oportunidade representou o prefeito Romero Rodrigues.

O autor da propositura ressaltou que o Dia Nacional da Consciência Negra é celebrado em 20 de novembro no Brasil e é dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. A semana dentro da qual está esse dia recebe o nome de Semana da Consciência Negra.

Câmara realizou sessão alusiva a Semana da Consciência Negra

O professor Moisés Alves destacou em sua fala que o papel do Movimento é dialogar para que através do diálogo se possa construir uma metodologia. Lembrou que em Campina Grande de miséria formado por 60 becos onde a grande maioria de moradores são negros. Ele acrescentou ainda que apesar do preconceito e do racismo, ainda existente, os negros estão nas ruas, nas universidades, dentro dos Conselhos tanto da esfera municipal como estadual. Ressaltou que é papel do estado promover a educação e a cidadania para todos.

Já o representante do Conselho Estadual da Promoção para Igualdade Racial, jornalista Dalmo Oliveira, disse na oportunidade que essa sessão quebra a rotina da Câmara de forma positiva e ressaltou as lutas dos movimentos negros para igualdade racial.

Citou que apósCâmara realizou sessão alusiva a Semana da Consciência Negra dez anos das primeiras iniciativas, no âmbito do Governo Federal, das primeiras políticas públicas destinadas à promoção da igualdade racial e às demandas anti-racismo, movimentos sociais, governo e outros setores da sociedade brasileira iniciam um novo debate em torno deste tema tão antigo e tão polêmico. O palco dessa discussão foi na Capital Federal por ocasião da terceira Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial (CONAPIR ).

Dalmo ressaltou ainda a questão que o decreto assinado pela presidenta Dilma, na noite de abertura da CONAPIR, que define 20% de vagas para pessoas negras no ingresso do Serviço Público Federal, é um exemplo de avanço da racialização na vida nacional. E, que o sistema de cotas, iniciado nas universidades federais já alguns anos, e esse ano validado pelo Supremo Tribunal Federal, no entanto já exibe seus primeiros gargalos.

Ainda usaram a tribuna para fazer explanações sobre o assunto, a secretaria executiva da educação municipal, professora Iolanda Barbosa, professor e estudioso dos movimento negro, Manoel Donato, os vereadores Miguel Rodrigues, Antonio Alves Pimentel, Lula Cabral, a representante das mães do movimento e Glaucineide Souza Oliveira.




Fale Conosco

Para que possamos lhe atender melhor por favor entre com as informações abaixo. Obrigado!

Perguntas, dúvidas, críticas ou sugestões? Eu adoraria ajudá-lo!

ENTER para enviar