Estado se nega a custear cirurgia de criança que nasceu sem esôfago, denuncia vereador

alexandre_RequerimentosO vereador Alexandre do Sindicato (PROS) fez uma grave denúncia na tribuna da Câmara Municipal de Campina Grande na manhã desta quinta-feira, 28. De acordo com o parlamentar, a Secretaria de Saúde do Governo do Estado tem negado o tratamento adequado a uma criança de um ano e seis meses que nasceu sem esôfago e precisava ser operada no Recife, em Pernambuco.

Segundo Alexandre, o procedimento que daria à criança uma melhor qualidade de vida não é realizado na Paraíba e a família não tem como custear a operação, que custaria cerca de R$10 mil. “A criança se alimenta por sonda e, por conta da secreção constante, corre risco de morrer. Sofre muito. Na semana passada teve que ser socorrida às pressas. Vive dentro de uma rede”, revelou o parlamentar.

“A família tem um processo aberto na terceira região de saúde, no bairro do Catolé, desde maio, conforme documentos em minhas mãos, e todos os dias, todos os dias, a mãe vai até lá e a resposta que recebe é que a secretaria não tem condições para enviar essa criança para uma cirurgia que custaria, no máximo, segundo a família, R$10 mil”, explicou.

Alexandre lamentou a falta de ação do Estado diante do sofrimento da criança e da família. “Como eu posso entender que uma coisa destas aconteça ainda hoje na Paraíba, quando o governo gasta milhões com propaganda. A Secretaria de Saúde não tem dinheiro para atender essa criança, que vive numa situação de dar pena, mas o governo tem para comprar cinco aeronaves, custando os olhos da cara, e inclusive usadas”, disse.

O parlamentar declarou que, além de trazer a história a público, na esperança de que o Governo do Estado finalmente dê atenção ao caso, vai adotar as medidas cabíveis. “Estou encaminhando (o caso) ao Ministério Público, pedindo providências urgentes, para que o Estado seja obrigado a custear a cirurgia dessa criança, que sofre tanto e tem a vida em risco”, completou Alexandre do Sindicato.




Fale Conosco

Para que possamos lhe atender melhor por favor entre com as informações abaixo. Obrigado!

Perguntas, dúvidas, críticas ou sugestões? Eu adoraria ajudá-lo!

ENTER para enviar