Insegurança: Câmara aprova projeto de lei que garante sinais de trânsito intermitentes à noite

Insegurança: Câmara aprova projeto de lei que garante sinais de trânsito intermitentes à noite

Insegurança: Câmara aprova projeto de lei que garante sinais de trânsito intermitentes à noite

A Câmara Municipal de Campina Grande aprovou projeto de lei de autoria do vereador Nelson Gomes Filho (PSDB) que determina que semáforos localizados na zona urbana de Campina Grande deverão funcionar, entre 22 e seis horas, em sistema de alerta.

Assim, os semáforos intermitentes localizados na zona urbana de Campina Grande deverão funcionar, entre 22 horas e seis horas da manhã, em sistema de alerta, com luz amarela piscante, com exceção daqueles posicionados em locais cujo fluxo de veículos e pedestres justifique o funcionamento padrão, de acordo com a decisão da autoridade de trânsito.

A autoridade de trânsito de que trata a matéria poderá estabelecer outros horários para o início e o término da operação em sistema de alerta, conforme as características de cada área. A fim de garantir o funcionamento adequado do sinal amarelo piscante, impõe-se a colocação do sinal de regulamentação R-2, “Dê a preferência”, na via secundária dos cruzamentos.

As filmagens nos sinais não poderão registrar multas para os condutores que trafegar em ruas com sinais intermitentes (amarelos) no horário entre 22 horas e seis horas da manhã, nos locais definidos na Lei.

As despesas decorrentes da execução desta matéria correrão por conta das dotações orçamentárias próprias, suplementadas se necessário. A Lei entra em vigor depois de decorridos sessenta dias de sua publicação oficial.

Segundo Nelson “estamos propondo medidas para garantir mais segurança para a população, com a implementação de providências por parte dos órgãos municipais que cuidam do trânsito em Campina Grande. São gritantes os índices de violência na cidade, e se faz necessária à adoção de providências para garantir mais segurança a motoristas, passageiros e transeuntes”.

Nos horários do final da noite e início da madrugada há grandes perigos rondando os condutores de veículos que, costumam cruzar o sinal vermelho, por medo de abordagens criminosas ou por achar injustificável ficar parado em vias com poucos veículos em circulação. Ao ultrapassar o sinal vermelho, o condutor se sujeita a colisão com outro veículo que se desloca. Os semáforos de locais onde o tráfego de veículos justifique a continuidade do serviço poderão continuar com o serviço normal.

Sem dúvidas, a medida permitirá maior segurança para os motoristas, evitando-se colisões, e para a segurança dos passageiros e transeuntes, já que não serão obrigados a permanecer inertes no semáforo vermelho.

***Conteúdo de responsabilidade da assessoria




Fale Conosco

Para que possamos lhe atender melhor por favor entre com as informações abaixo. Obrigado!

Perguntas, dúvidas, críticas ou sugestões? Eu adoraria ajudá-lo!

ENTER para enviar