João Dantas questiona valores da reforma inacabada do Estádio Amigão

João Dantas questiona valores da reforma inacabada do Estádio Amigão

O vereador João Dantas (PSD), líder da bancada governista na Câmara Municipal de Campina Grande, utilizou a tribuna da Câmara Municipal de Campina Grande na manhã desta quinta-feira (16) para tratar sobre as obras inacabadas do Estádio O Amigão, que segundo a imprensa e o próprio projeto do Governador Ricardo Coutinho teria custado cerca de 30 milhões de reais.

O parlamentar explicou que o governador veio à Campina Grande quando das comemorações do sesquicentenário, anunciando uma ampla reforma do estádio Ernani Sátiro e a criação de um complexo esportivo ao redor. Dantas veiculou um vídeo de como supostamente ficaria o estádio após as reformas que, segundo o superintendente da SUPLAN, João Azevedo, custariam 30 milhões de reais.

As quadras, pistas de caminhada e áreas de lazer divulgadas na maquete do Governador não foram entregues. Basta olharmos para o vídeo em 3D que foi disponibilizado na época, de como ficaria o novo estádio, para verificarmos que há uma enorme distância entre o que foi prometido e o que foi cumprido.

João denunciou ainda não bastasse a ausência de equipamentos prometida inicialmente, os custos das obras sofreram aumentos significativos. Na solenidade de entrega da reforma do Amigão, João Azevedo afirmou que os investimentos somaram R$ 30 milhões. Ou seja, as obras tiveram um aumento de 76%, passando de 17 milhões como anunciado, para R$ 30 milhões.

Dantas explicou que segundo levantamento feito pela imprensa, o valor orçado na reforma do Amigão foi suficiente para construir dois estádios no estado do Rio Grande do Norte. “A reforma do estádio Frasqueirão, casa do ABC de Natal custou R$ 6,76 milhões. Já o rival do ABC, o América-RN também partiu para a construção do seu próprio estádio. Batizado de Arena América, o projeto se iniciou em 2012 e teve a sua 1ª etapa entregue em dezembro de 2016, com custos estimados em R$ 8 milhões e capacidade para 7.000 espectadores, ou seja, o valor orçado para o Amigão seria suficiente para as obras duas grandes obras realizadas em Natal”.

“A única coisa que foi entregue pelo Governo do Estado referente às obras do Amigão foi o calçamento da metade do estacionamento, entretanto, na primeira chuva caída em Campina Grande, o calçamento se desfez. Portanto, é preciso investigar para onde foram os recursos e porque as obras prometidas na maquete não foram entregues”. Explicou Dantas.

João Dantas concluiu afirmando que irá acionar a bancada de Campina Grande na Assembléia Legislativa no intuito de que a bancada apresente um pedido de informação para o Governo do Estado.

“Precisamos saber onde foram gastos os recursos da reforma do Amigão; quais as razões para a obra não ter sido entregue como planejada; e qual a data para a entrega do complexo anunciado na maquete do governador”. Questionou Dantas.

***Conteúdo de responsabilidade da assessoria




Fale Conosco

Para que possamos lhe atender melhor por favor entre com as informações abaixo. Obrigado!

Perguntas, dúvidas, críticas ou sugestões? Eu adoraria ajudá-lo!

ENTER para enviar