Márcio defende a implantação do Projeto Multilagos em Campina em apoio à Transposição

Márcio defende a implantação do Projeto Multilagos em Campina em apoio à Transposição

O vereador vice-presidente da Câmara Municipal de Campina Grande apresentou requerimento na Câmara Municipal sugerindo ao prefeito Romero Rodrigues priorizar os estudos para a implantação do Projeto Multilagos em Campina Grande, como forma de garantir de uma vez por todas o abastecimento de água do Município, em apoio ao Projeto da Transposição do Rio São Francisco.

A ideia é a implantação do Projeto Multilagos que prevê a implantação de 16 açudes na cidade. O projeto Multilagos, idealizado na gestão do então prefeito Félix Araújo Filho, no ano de 1993, prevê a criação de um cinturão de 16 açudes em volta do perímetro urbano de Campina Grande que vai permitir o aumento da capacidade de armazenamento de água no município e, tendo como consequência, a formação de condições para o estabelecimento de um clima que amenize a aridez da cidade.

Segundo o deputado Rômulo Gouveia a proposta prevê: “O Multilagos terá capacidade de armazenamento de água na ordem de quase 75 milhões de metros cúbicos, ou o equivalente a um quarto do Açude Epitácio Pessoa, no município de Boqueirão. Estes mananciais, mesmo que pareçam de pouca capacidade, se comparados aos grandes reservatórios, funcionarão como uma espécie de reserva estratégica para enfrentar o colapso no abastecimento”.

A prioridade para localização destes 16 reservatórios, segundo o projeto, são as grandes depressões hoje existentes na cidade, os terrenos que normalmente já são alagados nos períodos chuvosos e os traçados da Alça Sudoeste e o da futura Alça Norte, que, quando for construída, formará um Anel Rodoviário em torno da cidade, com cerca de 50 Km.

A Prefeitura já conseguiu concluir a primeira unidade projeto, o Açude José Rodrigues, no Distrito de Galante, que apesar de não estar localizado em volta do perímetro urbano da cidade, também faz parte do planejamento original do Projeto Multilagos. Com capacidade para mais de 22 milhões de metros cúbicos e que atualmente armazena pouco mais de 13% deste volume, ele é o maior de todos os açudes previstos para ser construído no Projeto.

70 anos da Câmara Municipal

A Câmara Municipal de Campina Grande vai realizar sessão especial em comemoração aos 70 anos do Poder Legislativo. A iniciativa de autoria do vereador Márcio Melo Rodrigues em conjunto com a presidente do Legislativo, Ivonete Ludgério e demais membros da Mesa Diretora, foi aprovada. Fazem parte da Mesa Diretora: Ivonete Almeida de Andrade Ludgério, Márcio Melo Rodrigues, Saulo Germano, Janduy Ferreira, Bruno Faustino, Sargento Neto e Saulo Noronha. Para as homenagens serão convidadas autoridades e o povo em geral.

A Primeira Legislatura da Câmara Municipal de Campina Grande foi empossada no ano de 1947 e desde esse período o Poder Legislativo tem se destacado no cenário do Brasil por suas lutas, vitórias e esforços em prol da sociedade. É imperativo que a Casa possa comemorar em alto estilo os 70 anos da Casa, convidando personalidades para participar das solenidades.

A Câmara é um arquivo da história da instituição, desde a reinstalação, após a redemocratização, em 1947. A Ditadura de Vargas extinguiu casas legislativas do País, e em o Conselho Deliberativo criado em 1900, passou a Consultivo em 1935, na era Vargas. Nasceu a Câmara Municipal.

***Conteúdo de responsabilidade da Assessoria




Fale Conosco

Para que possamos lhe atender melhor por favor entre com as informações abaixo. Obrigado!

Perguntas, dúvidas, críticas ou sugestões? Eu adoraria ajudá-lo!

ENTER para enviar