Mulheres acima dos 40 terão direito a mamografia sem encaminhamento médico

Bruno_CL_plenarioProjeto de Lei do vereador Bruno Cunha Lima (PSDB) apresentado na Câmara Municipal de Campina Grande estabelece a obrigatoriedade de realização de exames de mamografia pelo Sistema Municipal de Saúde, sem a necessidade de encaminhamento médico, em mulheres com idade a partir de quarenta anos.

De acordo com o PL, qualquer mulher, a partir de quarenta anos, poderá solicitar o agendamento do exame de mamografia, devendo, para isso, aguardar o prazo de 20 a 30 dias. O artigo terceiro do projeto fixa que “é de inteira responsabilidade dos gestores municipais a plena manutenção dos mamógrafos assim como o provimento dos profissionais para operá-los”.

“O fundamento e o fim de todo o direito está calcado na dignidade da pessoa humana. Tal fato, por si, justifica a presente propositura que vem ao encontro de uma das necessidades prementes de nossa sociedade atual: o cuidado com a saúde da mulher”, declarou o vereador Bruno Cunha Lima a respeito da sua propositura.

Na justificativa do projeto, o tucano apresenta dados sobre a incidência de casos de câncer de mama no Mundo e, especificamente, no Brasil. “No Brasil, estima-se que 52.680 novos casos acometem mulheres por ano. De acordo com a Sociedade Brasileira de Mastologia, uma em cada doze mulheres desenvolverá câncer de mama até os noventa anos”, registra.

“Assim, cumpre ao poder público envidar esforços com vistas a conferir à mulher o direito de, independentemente de indicação médica, agendar e fazer seu exame de mamografia, procedimento preventivo que poderá salvar muitas vidas”, conclui, na exposição da matéria. O Projeto de Lei Ordinária 24/2014 ainda aguarda apreciação pelo plenário da Casa de Félix Araújo.

qr code




Fale Conosco

Para que possamos lhe atender melhor por favor entre com as informações abaixo. Obrigado!

Perguntas, dúvidas, críticas ou sugestões? Eu adoraria ajudá-lo!

ENTER para enviar