Projeto do vereador Renan Maracajá criará o Dia Municipal do Choro Mestre Duduta em Campina Grande

Projeto do vereador Renan Maracajá criará o Dia Municipal do Choro Mestre Duduta em Campina Grande

Foi aprovado na manhã da última quinta-feira, 24, na Câmara Municipal de Campina Grande, Projeto de Lei de autoria do vereador Renan Maracajá que irá criar o Dia Municipal do Choro Mestre Duduta, que será comemorado em 23 de abril em comunhão com o Dia Nacional do Choro, a proposta visa prestar uma justa e merecida homenagem ao maior nome desse gênero musical em Campina Grande, responsável por gerações de novos “chorões” e pela difusão dessa arte além-fronteiras, o Mestre Duduta.

O Dia Municipal do Choro será denominado “MESTRE DUDUTA”, Instrumentista e luthier, Duduta é um eterno amante do choro. Não há músico que passe pela cidade e não vá lhe fazer uma visita, no bairro da Prata. Se a visita for no domingo, melhor ainda, já que nesse dia promove uma tradicional roda de choro para chorão nenhum botar defeito. Lá reúne amigos e amantes do chorinho promovendo uma verdadeira e inesquecível viagem ao que existe de melhor nesse ritmo. Há mais de 50 anos ele cultiva a tradição do Choro na terra do forró, contribuindo para a perpetuação do gênero. Já passaram por sua casa músicos como Dominguinhos, Jacob do Bandolim e tantos outros.

Duduta e Seu Regional deleitam o público com o melhor do chorinho. Eles formam a Velha Guarda do Choro trazendo sucessos de Jacob do Bandolim, Waldir Azevedo, Pixinguinha, Rossini Ferreira, Luis Americano entre outros, encantando a todos pelo talento, pela simplicidade com que toca o instrumento e pelo amor que transmite pela música.

Para o vereador Renan Maracajá, a homenagem ora prestada pela Câmara Municipal de Campina Grande, vem a calhar e não se reveste em nenhum exagero, pelo contrário se torna pequena diante da obra de Duduta. Além do mérito, ele é um dos grandes nomes do choro no Nordeste, quiçá do Brasil, podendo tranquilamente figurar entre nomes do gênero, como Jacob do Bandolim, Pixinguinha, Waldir Azevedo, dentre outros.

Histórico do Mestre Duduta
Natural de Bananeiras José Ribeiro da Silva, que adotou o nome artístico de Duduta, tem 82 anos. Descobriu o cavaquinho na infância. Em 1955 criou o grupo de chorinho Duduta e seu regional, em atividade até hoje. Em sua casa, há cinco décadas, aos domingos, tradicionalmente, se realiza uma roda de choro. O regional de Duduta tem como seu forte o chorinho, mas também toca vários estilos como samba, valsa, frevo, baião entre outros. O regional já lançou dois CDs, o primeiro em 2000 e o segundo em 2008.

O grupo é formado atualmente por sete músicos: Duduta (bandolim e cavaquinho), Waguinho, filho de Duduta (bandolim e cavaquinho), Waldir (violão 7 cordas), Valdir Moia (cavaquinho centro), Clayton (Zig) (pandeiro), Eloísa Olinto (voz), Valtinho filho de Duduta (Surdo), e com participações especiais como: Sarayva de Boqueirão (sax e Flauta), Pedro “Mago” (violão 7 cordas) Cris Lima (acordeon).

A partir da década de 1980, Duduta iniciou o trabalho de consertar instrumentos de cordas e fabricar de forma artesanal cavaquinho e bandolim. Por este período, o músico sofreu um AVC. Mas Duduta não parou suas atividades. O próprio trabalho de lutheria serviu também como fisioterapia para sua recuperação. No ano de 2009 participou do programa Sr. Brasil, da TV Cultura, apresentado por Rolando Boldrin.

Dentre os artistas com quem tocou estão Dominguinhos, Marinês, Luíz Gonzaga, Paulinho da Viola, Elba ramalho, Rossini Ferreira, Canhoto da Paraíba, Altamiro Carrilho, Gordurinha, Emilinha Borba, Danilo Brito, Biliu de Campina, Marcos Farias, Kátia Virginia, Gabmar Cavalcanti, entre tantos outros.

Com muita justiça, Duduta recebeu o Diploma de “Mestre das Artes”, uma honraria lhe conferida pela Secretaria de Cultura do Estado. Com orgulho incontido, Duduta exibe o “Diploma”, lembrando-se do amigo Lourival Alves, tido como grande mestre lhe impulsionou a carreira.

***Conteúdo de responsabilidade da Assessoria




Fale Conosco

Para que possamos lhe atender melhor por favor entre com as informações abaixo. Obrigado!

Perguntas, dúvidas, críticas ou sugestões? Eu adoraria ajudá-lo!

ENTER para enviar