Realizada audiência pública sobre Lei de Cota de Tela e produção audiovisual em Campina Grande

Realizada audiência pública sobre Lei de Cota de Tela e produção audiovisual em Campina Grande

Realizada audiência pública sobre Lei de Cota de Tela e produção audiovisual em Campina Grande

Na manhã dessa quarta-feira (27) foi realizada na Câmara Municipal de Campina Grande uma audiência pública, proposta pelo vereador Lula Cabral, para debater sobre a aprovação do projeto de lei 136/2016, a Lei de Cota de Tela, que busca garantir a exibição de filmes produzidos na cidade em todas as sessões realizadas nos cinemas do município, além de valorizar e impulsionar a produção audiovisual local, possibilitando a profissionalização do segmento.

De acordo com a proposta, para serem exibidos, os filmes serão homologados por uma comissão de representantes do setor, que deverá observar exclusivamente os critérios definidos pela lei. A seleção será feita pelos cinemas e contará com fiscalização, pois filmes com conteúdos de propaganda político-eleitoral, publicitário ou proselistas não serão permitidos e também não haverá monopolização de produtoras.

Os filmes deverão ter, no mínimo, quatro minutos de duração e não há limite máximo, também deverá ter mais de 50% do seu tempo com imagens produzidas em Campina e mais de 50% da equipe deve residir na cidade.

Os cinemas vão destinar parte da bilheteria ou permitir a exibição de logos, vinhetas e merchandisings de patrocinadores para viabilização financeira das produções. Após sancionada a Lei, os cinemas terão 24 meses para sua implantação total.

A proposta também tem como objetivo a criação de um mercado cinematográfico na cidade, incentivando a divulgação da cultura campinense e desenvolvimento de novos talentos.

Dirp./CMCG




Fale Conosco

Para que possamos lhe atender melhor por favor entre com as informações abaixo. Obrigado!

Perguntas, dúvidas, críticas ou sugestões? Eu adoraria ajudá-lo!

ENTER para enviar