Vereadores campinenses discutem e aprovam 55 projetos de lei

Vereadores campinenses discutem e aprovam 55 projetos de lei

Durante a segunda sessão ordinária após o recesso, na manhã dessa quarta-feira (12), a Câmara Municipal de Campina Grande discutiu e aprovou 55 projetos de lei e um total de dez requerimentos. As matérias tratam de assuntos diversos, voltados para infraestrutura dos bairros e distritos, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da população campinense e proporcionar condições necessárias para o desenvolvimento social e econômico do município.

“Estamos retornando às atividades da mesma forma que encerramos o primeiro semestre, com alta produtividade e apresentando matérias compostas por conteúdos de grande importância para o bem coletivo”, destacou a presidente Ivonete Ludgério (PSD), explicando que a meta é continuar mantendo uma pauta de votações ativa, evitando o acúmulo de proposituras.

Entre os requerimentos aprovados destacou-se o de Nº 2.345, do vereador Antonio Pimentel Filho (PSD), que requer do Poder Executivo que continue a distribuição de fraldas geriátricas para os idosos de renda baixa, mas sendo executada através da Secretaria de Ação Social (SEMAS), considerando que o Tribunal de Contas do Estado (TCE) proibiu a distribuição pela Secretaria de Saúde.

Os vereadores também aprovaram projetos de lei que denominam o nome de várias ruas do município. Com o crescente número de conjuntos habitacionais na cidade, a Secretaria de Serviços Urbanos (SESUMA) constantemente cobra do Parlamento Legislativo a nomeação de ruas para identificar e localizar os cidadãos, dando o direito do uso de serviços básicos como as atividades exercidas pelos Correios.

Dirp/CMCG




Fale Conosco

Para que possamos lhe atender melhor por favor entre com as informações abaixo. Obrigado!

Perguntas, dúvidas, críticas ou sugestões? Eu adoraria ajudá-lo!

ENTER para enviar