Vereadores discutem crise hídrica em Campina e Projeto Multilagos

Vereadores discutem crise hídrica em Campina e Projeto Multilagos

Vereados discutem crise hídrica em Campina e Projeto Multilagos

A Câmara Municipal, durante a 53° sessão realizada nessa quinta-feira (14), debateu sobre os problemas causados pela crise hídrica que preocupa os campinenses desde 2014. Os membros da Casa também discutiram sobre o Projeto Multilagos e a ementa 370/2015, que requer da Prefeitura Municipal a retomada do projeto.

O Projeto Multilagos foi apresentado durante a gestão do então prefeito Félix Araújo, no ano de 1993, através da Secretaria de Planejamento, e visa a criação de um cinturão de água em torno da cidade de Campina Grande. No total seriam 15 açudes de grande porte, com o objetivo de armazenar cerca de 100 milhões de m³, aproveitando as águas pluviais e incentivando o desenvolvimento econômico e produtivo.

Os vereadores destacaram que o município encontra-se sem planos para resolver a atual questão hídrica e não há projetos, a curto prazo, que possam amenizar a situação. Além da espera pela conclusão da obra de transposição do rio São Francisco, os habitantes devem continuar respeitando o sistema de racionamento e aguardar o próximo período de chuvas .

Segundo os vereadores, o Projeto Multilagos e a mudança da cultura de convivência com o a seca, seria uma solução eficaz para as dificuldades enfrentadas pela população dessa região. Hoje o projeto só conta com um manancial concluído, o Açude José Rodrigues no distrito de Galante.

Durante os requerimentos dessa manhã, foram aprovados pedidos de destinação de emendas, para dar continuidade ao projeto, aos deputados Rômulo Gouveia e Pedro Cunha Lima , senadores Raimundo Lira, Cássio Cunha Lima e José Maranhão.

Dirp./CMCG




Fale Conosco

Para que possamos lhe atender melhor por favor entre com as informações abaixo. Obrigado!

Perguntas, dúvidas, críticas ou sugestões? Eu adoraria ajudá-lo!

ENTER para enviar